HÉRNIAS MUSCULARES

Nossos músculos são revestidos por uma camada de tecido fibroso chamada fáscia. Suas fibras de tecido colágeno são intimamente conectadas às fibras musculares e conferem proteção, deslizamento e a forma como o músculo se apresenta.

A fáscia pode sofrer microlesões durante a vida, fragilizando a sua capacidade de resistir às tensões e culminando com o aparecimento de pequenas fendas, que podem aumentar de tamanho com o tempo. Estas fendas permitem a passagem parcial e o aprisionamento de algumas fibras musculares, o que caracteriza uma hérnia muscular.

Nos membros inferiores, as hérnias musculares são mais frequentemente encontradas na musculatura da perna (gastrocnêmios, fibulares e tibial anterior), além da coxa.

Os sinais e sintomas mais frequentes são: presença de nódulo isolado na superfície do músculo, deformidade muscular, dor localizada aos esforços físicos e sensação de aumento exagerado da tensão muscular. As hérnias maiores são palpáveis e visíveis na superfície da pele.

As causas do aparecimento das hérnias musculares são: genéticas, falhas no desenvolvimento da fáscia muscular, fragilidades da fáscia na região de penetração dos vasos sanguíneos, ferimentos cortantes profundos (pele, subcutâneo e músculo), cirurgias prévias e treinamentos intensos.

A hipertrofia muscular exagerada também predispõe ao aparecimento de hérnias musculares, como ocorre nos usuários de esteroides anabólicos.

Grande parte das hérnias musculares não gera sintomas, mas determinadas situações podem ocasionar dor localizada. Os exercícios, como a corrida, podem desencadear dor localizada, que desaparece em repouso. Algumas raras situações podem provocar sintomas dolorosos prolongados, associados a inchaço intenso e limitação de movimentos.

Os exames de imagem, como o ultrassom e a ressonância magnética, permitem a confirmação do diagnóstico, além de dimensionar e localizar a hérnia muscular.

O tratamento inicialmente é conservador, com medicações analgésicas e antiinflamatórias sob prescrição médica. A cirurgia (fasciotomia) é indicada quando o tratamento conservador falha e se caracteriza pela ampliação da área da hérnia, seccionando-se a fáscia. Nunca se deve reparar a fáscia, pois o índice de recidiva da hérnia muscular é elevado.

Bons treinos !

Dr. Cristiano Laurino é Mestre em Ortopedia e Traumatologia pela UNIFESP. Diretor Científico do Comitê de Traumatologia Desportiva da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT). Membro da American Academy of Orthopaedic Surgeons (AAOS). Médico do Clube de Atletismo BM&F/BOVESPA. Diretor Médico da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).
Share

165 opiniões sobre “HÉRNIAS MUSCULARES”

  1. Bruno, infelizmente, não temos como ajudá-lo à distância. Seria até imprudente de nossa parte arriscarmos qualquer diagnóstico.
    Você está fazendo o certo, se consultando com diferentes profissionais, uma vez em que não há consenso sobre o problema.
    Tente se consultar com um médico especializado em medicina esportiva, pois talvez o profissional chegue finalmente à causa das dores. Enquanto isso, evite movimentos que provoquem a dor.
    Desejamos melhoras!

  2. Ola Doutor, gostaria de saber se existe esta hérnia nos mosculos que revestem o torax,e quais os sintomas? é que estou sentindo muitas dores ao apertar não sinto tantas dores mas ao passar os dedos levemente é como se estivesse passando os dedos em feridas,e tambem sinto dores no ultimo osso da costela,tenho artrose com suspeita de hénia na região dorsal da coluna,meu lado direito esta inchado,ja estou tomando provovidencias,estou meio assustado então achei esta pagina e resolvi perguntar,pois estou pelo sus,e não sei quanto tempo levarei para saber resposta.

  3. Amarilio, infelizmente, não temos como ajudá-lo. Não temos médicos entre nossos funcionários, apenas consultores eventuais.
    Mesmo porque, não é prudente que qualquer profissional arrisque diagnósticos à distância, uma vez que o exame presencial e acesso ao histórico médico do paciente são fundamentais.
    Esperamos que seja atendido o quanto antes.
    Atenciosamente,
    Equipe ST

  4. Olá… Minha dúvida sobre essa hérnia muscular é se eu devo parar de praticar exercícios físicos, pois, ela aparece geralmente quando o faço (hérnia na perna, é um caroço). Obrigada.

  5. Natalia, o ideal é que você passe pela avaliação pessoal de um médico ortopedista, de preferência, especializado em medicina esportiva. O profissional terá mais precisão no diagnóstico do que nós, virtualmente.
    Abraços!!

  6. olá doutor minha está com um caroço nas costas e dura que quando aperta doi queria saber o que é. por favor me responda.

  7. Doutor joguei bola e senti uma dor na frente da coxa aí fiquei um tempo sem jogar quando fui jogar sentir a mesma dor quando vou chutar e tem uma lombadinha q sinto quando aperto a perna responde aí pra mim

  8. Cleiton, o ideal é que você procure se consultar pessoalmente com um médico ortopedista, pois ele irá avaliar a região e, provavelmente, solicitar exames complementares para chegar a um diagnóstico mais preciso.

  9. ola boa noite tenho uma filha de 10 Anos Agora vim descobrir que ela quando abaixa a cabeça fica um papo no osso da cluna do pescosso o que sera isso

  10. Boa noite hoje percebi um pequeno nódulo saliente em minha coxa, o mesmo está um,pouco roxo, pratico musculação a anos e estou tendo treinos intensos.Pode ser uma hérnia muscular?

  11. Boa tarde, alguns meses tenho sentido muita dor do lado direito, do pescoço até a mão. Meu ortopedista passou um exame de Ressonância da coluna cervical, farei no dia 25/9. Acontece q há dois dias tenho sentido as vezes,principalmente quando ando também do lado direito, uma dorzinha na coxa fazendo com q eu dobre o joelho e quase faz eu cair. Isso está me deixando mais preocupada. Por favor, o q pode ser.

  12. Maria Lucia, não temos como opinar à distância, seria até imprudente da nossa parte.
    Não temos mesmo como ajudá-la e desejamos melhoras.
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>